Ciro Gomes “é contra a Lava Jato”?

Não. Por diversas vezes Ciro Gomes já se manifestou favorável à existência operação Lava Jato. Ela poderia vir a ser um marco de mudança na longa história de impunidade dos grandes e poderosos, no Brasil, pois finalmente a população brasileira viu alguns políticos, como Eduardo Cunha, e grandes empresários serem punidos.

Porém, ele também fez críticas ao modo como a operação é conduzida, por exemplo: há uma grande rapidez para se julgar políticos de partidos como o PT, enquanto as mesmas medidas não são tomadas quando estão envolvidos políticos investigados do PSDB.

Entenda em profundidade a opinião

Outro erro grave é o fato de muitos procuradores e juízes envolvidos na operação tomarem medidas que às vezes desrespeitam a própria ordem dos procedimentos jurídicos; outros são muito midiáticos, e anunciam suas investigações, liberam áudios e dão entrevistas quando deveriam se limitar a julgar com sobriedade. Além disso, segundo ele, a Lava Jato não deve prejudicar as empresas produtivas e importantes para a economia nacional, mas sim prender os executivos corruptos e qualquer um que cometa ilegalidades.

Por fim, é importante lembrar que Ciro é um dos poucos políticos brasileiros em atividade que não foi sequer objeto de delação nesta operação que alcança parte dos últimos vinte anos da vida política nacional. Além disso, nunca sequer respondeu a um inquérito por corrupção, nem mesmo para ser absolvido, tendo sido deputado estadual, federal, prefeito, governador e ministro duas vezes.

Veja as fontes:

Trechos de entrevistas de Ciro Gomes sobre a Lava Jato:

 

Deixe uma resposta

quinze + doze =