You are currently viewing Depois de tuíte inacreditável, Sérgio Camargo bloqueia a TodosComCiro no Twitter

Depois de tuíte inacreditável, Sérgio Camargo bloqueia a TodosComCiro no Twitter

  • Post author:
  • Reading time:2 min de Leitura

Em uma busca infantil por atenção, Sérgio Camargo, presidente da Fundação da Palmares fez uma postagem no seu Twitter sem nenhuma relacão com a realidade. Sem jamais conhecer Moise e a sua família, Camargo postou o seguinte: “Moise andava e negociava com pessoas que não prestam. Em tese, foi um vagabundo morto por vagabundos mais fortes. A cor da pele nada teve a ver com o brutal assassinato. Foram determinantes o modo de vida indigno e o contexto de selvageria no qual vivia e transitava.”

A Plataforma TodosComCiro respondeu com uma imagem de Sérgio Camargo, Jair Bolsonaro e Roberto Alvim (ex-secretário da Cultura que citou Goebbels) com o seguinte texto: “Não inventa moda não, muleque. Quem anda e negocia com pessoas que não prestam é você.”

Sérgio Camargo, antes de bloquear a TodosComCiro no Twitter ainda respondeu: “Sou imensamente grato a Roberto Alvim, que teve a visão e a coragem de ver indicar para o cargo.” Mas nada falou sobre o presidente Jair Bolsonaro.

É absolutamente lamentável que o presidente da Fundação Palmares se preste a esse papel e que, além de praticar atos de negação histórica, ferem a honra de uma pessoa que ele jamais conheceu sem nenhuma base na realidade. No final do dia, a CNN destacou que a família de Moise vai processar Sergio Camargo.