Temer, Dilma, Lula, Bolsonaro, FHC: Ciro comenta todos no Provocações

Entrevistado no primeiro episódio do programa Provocações, que reestreia sob o comando de Marcelo Tas, Ciro Gomes conversou com o apresentador por vinte e sete minutos sobre aspectos da política nacional e sobre sua vida pessoal.

Entre elogios e críticas, Ciro Gomes fez menção a todos os presidentes desde, pelo menos, FHC, além de ter comentado sobre o atual governo.

Provocações sobre 2018

Perguntado sobre “o que aconteceu” nas eleições de 2018, Ciro fez o seguinte balanço:

O grande movimento que havia dominante e ainda é verdadeiro hoje é o antipetismo. Parte justa, pela esculhambação, corrupção, mentira, etc; parte injusta, porque tem aí uma parte que é exagerada. Esse grande movimento era o que o povo brasileiro estava procurando: quem era o mais tosco, o mais simples, o mais fácil de ser entendido como intérprete do antipetismo, decolaria. Evidente que nenhum de nós, políticos, achava que Bolsonaro se aguentava, porque ele é muito, muito vazio.

Provocações sobre PT, PSDB, Lula e FHC

Sobre o PT e o PSDB, Ciro afirmou:

Brasil precisa de um partido que tenha ideia e que tenha projeto. Se você bem olhar, o PT é uma moldura pra personalidade exuberante do Lula. Não tem projeto de nada. Passaram 13 anos no poder e não meteram um dedinho de reforma: nem na previdência, nem no sistema tributário, nada, zero.

O PSDB a mesma coisa, tanto que nunca mais ganhou uma eleição nacional. Por mais que malversem as leituras de imprensa, o fato cruel é que nunca mais, depois do colapso do governo FHC, o PSDB ganhou uma eleição nacional.

Provocações sobre Dilma e Temer

Perguntado por Tas sobre as contradições que já tivera que engolir, Ciro lembrou as denúncias que fez na época em que Michel Temer passou a ser confirmado como vice de Dilma em 2010.

Se ninguém sabia, eu sabia que a Dilma não tinha experiência de nada. Quando nomearam Michel Temer, eu denunciei – basta procurar no Google – porque o Michel Temer sempre foi um chefe de quadrilha. Rouba há mais de vinte anos. A Dilma é uma senhora respeitabilíssima, mas seu governo foi um desastre transcendental e o PT apaga.

Provocações sobre Jair Bolsonaro

Indagado sobre se concorda com a afirmação de Lula de que “Bolsonaro tem um governo de loucos”, Ciro respondeu:

Bolsonaro lidera um bando de idiotas (no governo). Tirando o núcleo militar, que pra minha grave decepção virou entreguista, violentando a tradição nacionalista das Forças Armadas, é o único contraponto de onde não tomamos ainda nenhuma aberração. O resto é um bando de lunáticos, a começar pelo Bolsonaro.

Assista à íntegra:

Deixe uma resposta

quinze − oito =