Presidente insensível, genocida e psicopata: Brasil é notícia internacional

No último dia 6 de maio, quando o Brasil registrava em números oficiais perto de 8 mil mortos por coronavírus, a BBC News de Londres veiculou uma reportagem sobre como está o enfrentamento da pandemia no país. Ou mais precisamente, a ausência dele. A reportagem “Coronavirus: Brazil’s “chaotic” response as President denies any serious problem” (Coronavírus: a resposta “caótica” do Brasil com o presidente negando qualquer problema sério) mostra a inação do presidente frente a pandemia não como mero despreparo, mas como uma escolha política do chamado “Trump tropical”.

Essa também é a impressão dos brasileiros entrevistados pela reportagem da emissora inglesa. A primeira entrevistada, uma moradora de uma região de favela destaca a indiferença com que o presidente trata a vida das pessoas comuns e ausência de auxílio do estado para garantir a sobrevivência daqueles que deveriam estar em isolamento social: “Bolsonaro está errado. Ele diz para as pessoas irem trabalhar, e aí as pessoas morrem. E então ele vai só dizer: “Morreu mais um. Bem, não é meu filho”. O que ele deveria dizer é: “fiquem em casa”.”

Os enterros coletivos em Manaus, o recorde diário de mortes, e o colapso iminente no sistema de saúde, é contrastado pela BBC com o negacionismo do presidente da terrível situação provocada pelo coronavírus e sua constante oposição ao isolamento social. Outro destaque aterrador da reportagem foi às constantes piadas do presidente com pandemia e a sua indiferença, como no famoso episódio do E daí? (Já viu a resposta de Ciro Gomes? Veja AQUI!).

Em outra matéria, para a também britânica ITV News, o jornalista John Ray, que termina a reportagem, a pandemia pode ser fatal também para presidência de Jair Bolsonaro: “Para muitos, esse compatriota, Jair Bolsonaro, tem parecido insensível e displicente. A covid-19 pode acabar sendo fatal para à presidência de Jair Bolsonaro. Mas por agora, o Brasil tem uma preocupação mais urgente, enterrar seus mortos.”

Assista os vídeos:
BBC News (06/05/2020)
ITV News (30/04/2020)