Uma palavra dirigida à melhor militância do Brasil, por Ciro Gomes

Reproduzimos a seguir (com todas as pontuações afastadas das palavras rs, como no original), um recado escrito por Ciro Gomes para sua militância nas redes sociais:

Uma palavra dirigida à melhor militância do Brasil: as forças reais do poder brasileiro e suas conexões internacionais – poderosíssimas, não preciso repetir – estão chegando à óbvia conclusão de que Bolsonaro não entregará sua perversa agenda e,pior para eles ( se convenceram ) está desmoralizando a agenda e os próprios valores que fizeram vitoriosos no enfrentamento da debacle econômica e moral do período PT . Por isto já ensaiam a construção de outras possibilidades de “mitos” . Sergio Moro é a tentativa da vez. Se nós repararmos bem, cada brasileiro hoje, em pleno desastre de saude publica e sócio econômico dramático está sendo quase obrigado a ter que escolher entre as aberrações de Bolsonaro e seu governo trágico ou a “verdade de Sergio Moro” . É o modelo de enfrentamento da pandemia o debate ? Claro que não! aonde estava o ministro da justiça diante das aberrações criminosas de Bolsonaro que nos trouxeram a este morticínio ? É o modelo de apoio à massa de trabalhadores desempregados ou empurrados para a informalidade,agravadas pelas “reformas” trabalhista e previdenciária – agora humilhados em filas imorais nas agencias da Caixa Econômica ? Muito longe disto . De que lado estava o “justiceiro” Moro nestes temas ? Que opinião Moro tem ou tinha acerca do apoio nunca materializado às empresas diante da mais grave crise econômica da historia brasileira em materialização ? Foi sua crítica à liberação de R$ 1,2 TRILHÕES de REAIS aos bancos menos de 48 horas depois de decretada a emergencia a pretexto de melhorar o crédito enquanto os bancos DIMINUÍRAM violentamente a oferta de credito e AUMENTARAM a taxa de juros em até 70% em plena pandemia? Nada disto. Assim, TURMA BOA , minha vida nunca foi nem será fácil. Vou continuar lutando guiado pela minha consciência e pelo meu único compromisso : o povo brasileiro e o BRASIL. Nesta briga, a sociedade brasileira não deve se deixar enganar: é tudo farinha do mesmo saco podre!”

É isso, turma boa, vamos nos manter atentos! Ideia, exemplo e militância!