O emocionante papo de Ciro Gomes no Flow: o maior Flow da história?

No domingo, dia 20 de junho de 2021, Ciro Gomes deu uma entrevista histórica para o Flow Podcast. Logo no início do programa o Igor e o Monark afirmaram que o Ciro foi um dos convidados mais pedidos do programa, e antes mesmo de começar a hashtag #CiroNoFlow já figurava em primeiro lugar no Twitter.

A entrevista teve duração de quase cinco horas. E menos de 24 horas depois de ir ao ar, já contava com mais de um milhão de visualizações no YouTube e quase 200 mil visualizações na Twitch. Pelo que verificamos, a entrevista também foi um dos 3 episódios mais longos da história dos quase 400 programas que o Flow já gravou.

A entrevista foi uma das melhores e mais leves conversas que Ciro Gomes teve desde que começamos a acompanhar o seu trabalho (na nossa opinião, claro!).

O impacto foi tão grande que sentimos, inclusive em nossos servidores, que os acessos cresceram muito conforme Ciro ia tratando dos assuntos que já publicamos por aqui. Desde fake news desmentidas até propostas para o Brasil, como o SPCiro e os Complexos Industriais, por exemplo.

Recomendamos fortemente que todos assistam a entrevista e tirem suas próprias conclusões. Mas ao navegar pelos comentários da entrevista do Ciro no Flow encontramos o comentário abaixo, do Tiago Rodrigues. Ele dizia o seguinte:

O emocionante comentário do professor Tiago Rodrigues

Deixa eu contar uma experiência pessoal. 

Sou professor de uma dessas escolas profissionais que ele citou aqui no Ceará. Localizada em região de periferia, pobre, dominada pelo tráfico, oferece cursos em áreas industriais como têxtil, química e secretariado (cursos em nível técnico que os alunos aprendem paralelamente ao ensino médio, em tempo integral com 3 refeições, disciplinas complementares como Projeto de Vida e Formação Cidadã, e estágio remunerado no último semestre). Um dia em 2014, uma professora da escola teve a ideia de chamar um palestrante para conversar com os alunos que iriam ingressar no estágio, falar sobre mercado de trabalho, universidade etc. Resolveu chamar o Ciro. Apesar da apreensão de se tratar de uma grande figura pública e da pompa inerente, resolvemos apostar e o convite foi feito. 

Em menos de 2 dias veio a resposta: sim. Ele veio, e veio simples, barbudo na época, em um carro com uma secretária e um motorista. Cumprimentou a equipe da escola, apertei sua mão, foi ao auditório e falou por 2 horas, instigou a plateia e só pediu água. O que ele teria a ganhar em 2014? Não concorria a nada, mas veio creio eu por acreditar no jovem e na educação pública. Até hoje me pergunto que outro player da política atual teria aceitado tal convite com tanta espontaneidade e gratuidade. Terminou, agradeceu a oportunidade e foi embora deixando em muitos um verdadeiro sentimento de espírito público, sabe, desses de entrar numa periferia sem seguranças ao seu redor, pra falar pro pobre, por acreditar no pobre, por acreditar que educação é o caminho. 

Foi a primeira vez que vi o Ciro pessoalmente, e era exatamente esse Ciro aí do Flow. Não era o Ciro que os blogs e jornais pintam: o destemperado, mentiroso e incoerente. Não tem nada de incoerência. Essas propostas que ele expôs aí ele já vem discutindo desde a primeira candidatura (é só resgatar no YT). Desde então eu passei a acompanhá-lo. Lembro da iniciativa do Observatório Trabalhista e lembro dessas viagens pelo país que ele comentou. Não foram só universidades. Assisti palestra do Ciro aqui em Fortaleza em quadra de esportes pública, às 18h da noite, com gente vindo do trabalho descendo do metrô e parando lá pra entrar na fila, pegar o microfone e fazer uma pergunta a ele. O tema? Reforma trabalhista e reforma previdenciária. O Ciro indo ao povo, falar na linguagem do povo o que era o problema e como solucioná-lo. Quando olho para os outros que se dizem alternativa, não consigo ver ações como esta: incluir o pobre na jogada, fazê-lo entender do que se trata, e não manipulá-lo com promessas falsas e migalhas. Uma frase recente do Ciro me tocou muito: esse Brasil pode ser um marco da experiência civilizatória para o mundo inteiro ver. A gente tem que dar essa chance do Brasil mostrar o verdadeiro Brasil. Um gigante que muitos tentam manter adormecido. Um país realmente rico, dotado de boa geografia, com um povo hospedeiro, miscigenado e capaz de transformar pelo trabalho a sua realidade. Precisamos dessa chance! Não vamos repetir 2018! Temos saída!

Foi realmente um depoimento muito emocionante. Tão emocionante que a gente decidiu coletar alguns outros comentários e compartilhar com cada um de vocês, que nos ajudam tanto nessa construção desde meados de 2016. É toda essa turma que está conosco na luta a partir de hoje:

Sabrina Gruner:

Primeira vez que comento aqui, mas essa conversa realmente valeu a pena ouvir. Que cara inteligente, bom de oratória, sagaz e humilde. Até vi Igor e Monark mais quietos e concordando com as falas dele. Agradeço muito por essa conversa esclarecedora e que deu luz a muitos pensamentos sobre assuntos e respostas que eu não fazia ideia. Obrigada por este episódio! Certamente irei considerá-lo no meu voto e já estou procurando o livro para comprar! Valeu ☺

José Lisboa:

Bicho, esse é o nível do debate que eu, brasileiro desacreditado da Política, quero ver. Eu não quero ter que escolher votar em Fulano porque não gosto de Cicrano e vice versa. Esse País não evolui há anos! Eu quero na Política gente com projeto, que saiba de onde tirar o dinheiro, como fazer, quanto custa e em quanto tempo, sem roubalheira, fazendo política de verdade. Ver essa conversa é um alento ao coração. Espero que em 2022 tenhamos mais disso e menos desse maldito “fla-flu” entre PT e Bolsonaro.

Juliana Dutra Neri:

Ele foi bastante didático ao expor parte de seus projetos sociais urgentes no BR e mais ainda em expor a corrupção e o derradeiro econômico q o atual governo e os anteriores progrediram. Chocada com o destino que o Guedes deu ao dinheiro q foi mobilizado à pandemia pela equipe do Ciro, isso deveria ser mais divulgado e tb as outras braçadas na corrupção desse governo. Acho desesperador caminharmos pro apocalipse de segundo turno de extremos novamente, movido pelo ódio ideológico e não pelo histórico e planos de governo de ambos candidatos. Torço para que grande parte do eleitorado lúcido tenha acesso a esse podcast q o Flow nos proporcionou e julgue o candidato por seu conteúdo e não pela capa de fakenews. Mudei bastante meu conceito sobre o Ciro e minha intenção de voto por enquanto segue com ele, merece uma chance por demontrar-se mto mais capacitado e esforçado q os outros 2 analfabetos.

Tb gostei do conceito “Social Liberalismo” q é a agenda dos países mais consolidados e desenvolvidos na atualidade, adotaram medidas importantes do liberalismo e da esquerda pro desenvolvimento econômico e social, enquanto nenhum dos modelos sozinho foi sustentável por muito tempo, na prática um equilibra o outro e são codependentes.

Borjão dos Santos:

Eu estou cagando para o Flow. Sim, literalmente cagando… por volta de 6h da manhã, eu entrei no banheiro, e comecei assistir, já são 12h:03min. Estou no banheiro já fazem 4h e não consigo parar de assistir. Gente esse cara chamado Ciro Gomes, lembra o Dr. Enéas com um livro na mão. Não vamos tirar esse homem como um louco, por ter um plano de governo para o nosso país. De fato parece ser uma loucura -> Um cadidato que tem um plano de ação montado para ajudar a melhorar a vida do nosso povo. PARABÉNS Flow.

Victor Forasta

Meu deus do céu, eu morrendo de sono aqui, tendo que acordar às 6 da manhã, mas não consegui ir dormir. Fiquei aqui acordado pq toda vez que eu pensava em dormir Ciro conseguia me travar a atenção! Porra, tiozão bom de papo mano, namoral. A gente aprende várias coisas sobre o Brasil em cerca de minutos! Como esse cara não é presidente ainda?

Pedro Lucas

Sou um cara de centro-direita, votei no Bolsonaro com esperanças de um país melhor, mas me sinto traído pelo que ele está fazendo. Sempre tive uma visão deturpada sobre o Ciro, na minha cabeça eu sempre o classifiquei como um “Bolsonaro de sinal trocado”, mas após assistir essa entrevista, vejo que isso era apenas um devaneio da minha cabeça, nunca tinha visto um político com tanto conhecimento sobre o Brasil como o Ciro, dito isso, acredito que Ciro seja o mais preparado e com mais chances de derrotar o bolsopetismo na próxima eleição. TEMOS QUE IR DE TERCEIRA VIA EM 2022!

Diego His MG

Confesso que estava totalmente sem esperanças para o país, totalmente desacreditado. Um país tão rico com um povo tão solidario e sofrido. Pode parecer exagero, mas depois que ouvi essa aula do Ciro Gomes, dizendo que o Brasil tem jeito. Mostrando dados e informações. É impossível não acreditar no seu projeto. Estou com os olhos cheios de lagimas de emoção em saber que existe solução para o país dos meus filhos e netos. Discordo de muita coisa do Ciro, mas voto nele pelo projeto. Deixou muito claro do que pretende fazer. Meu país tem que sair desse FLA X FLU. De hoje em diante, sou CIRO GOMES. Sem salvador da pátria, e sim em busca de um projeto para o país. Se tiver outro candidato com um projeto, farei questão de comparar. CIRO 2022

Enfim!

Você pode até achar que selecionamos apenas os comentários positivos. Mas na verdade a gente tentou, tentou, tentou, mas não encontrou absolutamente nenhum comentários negativo. Não vimos todos os 10 mil comentários, lógico. Mas quando esse texto foi inscrito, ele estava com 1.020.260 visualizações. Sendo 108 mil curtidas e 5,8 mil descurtidas.

Muitas pessoas vão chegar conosco nas próximas semanas e meses. É importante cada um de nós ajudar a acolher os novos guerreiros da luta por um Projeto Nacional!

Você pode assistir o #CiroNoFlow aqui: