Ciro Gomes vs. Jair Bolsonaro – Cota parlamentar e falso moralismo

Com tantas evidências sendo apresentadas a respeito do mau comportamento de Jair Bolsonaro no que diz respeito à utilização de recursos públicos enquanto ele era parlamentar, decidimos fazer uma breve análise com dados disponíveis no portal da transparência da Câmara dos Deputados.

O objetivo do levantamento não é criminalizar o uso de recursos utilizados na manutenção dos cargos de deputado federal. Pelo contrário: dada a importância dos mandatos de deputados federais para a democracia, é dever de cada cidadão fiscalizar a boa utilização dos recursos de verba de gabinete e verificar se estão sendo utilizados de forma transparente e coerente com o comportamento político do deputado.

Esta análise foi feita entre os meses de abril de 2009 e dezembro de 2010, período em que tanto Ciro Gomes quanto Jair Bolsonaro eram deputados federais da 53a legislatura da Câmara dos Deputados. Os gastos analisados são referentes à cota parlamentar, ou seja, contemplam gastos como escritório de apoio, combustível, viagens, aluguel de carros, material de escritório, telefonia, serviços postais, hospedagens etc.

Utilização da Cota Parlamentar

Ao longo de 21 meses, Jair Bolsonaro gastou R$ 538.220,08 e R$ 185.823,17 foram gastos por Ciro Gomes, uma diferença de R$ 353.396,91 ! Em termos percentuais, o gasto de Bolsonaro corresponde a quase 300% do gasto do Ciro.

Para dar uma dimensão da diferença, veja a comparação mensal: Ciro Gomes possuía um gasto médio R$ 8.848,72 ao longo destes 21 meses, ao passo que Bolsonaro gastava mensalmente R$ 25.969,53.

A tabela abaixo destaca os principais gastos de ambos por tipo durante o mesmo período. O restante dos gastos podem ser encontrados no site da Câmara dos Deputados:

 

Ciro Gomes Jair Bolsonaro Diferença
Escritório de Apoio     R$ 46.847,63     R$ 74.638,34 R$ 27.790,71
Combustível     R$ 6.911,14     R$ 22.013,42 R$ 15.102,28
Divulgação da Atividade Parlamentar     R$ 0,00          R$ 167.689,68 R$ 167.689,68
Material de Escritório     R$ 61,29     R$ 14.761,29 R$ 14.700,00
Serviços Postais    R$ 3.922,28     R$ 183.708,23 R$ 179.785,95
Emissão de bilhete aéreo     R$ 15.241,02     R$ 49.496,63 R$ 34.255,62

 

As principais diferenças estão concentradas em dois tipos de gasto: divulgação de atividade parlamentar (R$ 167.689,68) e serviços postais (R$ 179.785,95).

Assim como fizemos acima, trazemos a análise para médias mensais e notamos que gastos mensais de R$ 7.985,00 com divulgação de atividade parlamentar e R$ 8.748,00 com serviços postais do senhor Jair Bolsonaro. Para comparação, Ciro Gomes não teve gasto nenhum com divulgação de sua atividade e gastou R$ 186 por mês com serviços postais.

Os ambos de gastos parecem razoáveis e esperados das suas atividades parlamentares ou há cheiro de coisa errada ali? Não esqueçamos que recentemente Jair Bolsonaro apresentou notas fiscais com a compra de 2 mil litros de combustível em postos do Rio de Janeiro.

Abaixo apresentamos um gráfico com o crescimento do gasto dos dois parlamentares ao longo dos meses e mais uma coisa chama atenção: Jair Bolsonaro tinha crescimentos fora do comum nos seus gastos exatamente nos períodos de recessos parlamentares de fim de ano. O que poderia explicar isso?
 

 
Por fim, cabe destacar que a análise considera apenas os gastos de cota parlamentar e contempla apenas 21 meses que ambos eram deputados. Jair Bolsonaro foi deputado por 336 meses, ou seja, o período corresponde a apenas 6% do seu tempo como parlamentar.

Novas análises virão e apresentaremos a vocês. Até lá, permaneçam vigilantes e lembrem-se que esse dinheiro é de todos e, portanto, merecemos o respeito que ele seja bem utilizado em prol do interesse público!