Ciro Gomes na Galãs Feios: “Véio da Havan” está fraudando a lei

Em entrevista para a famosa página Galãs Feios, comandada por Marco Bezzi e Helder Maldonado, Ciro Gomes chamou atenção para uma notícia sobre o procedimento de Luciano Hang, dono da loja de departamentos Havan. Conhecido nas redes como “Véio da Havan”, Luciano alterou o quadro de produtos que vende nas suas lojas, acrescentando arroz e feijão.

Para Ciro, esta operação caracteriza uma evidente fraude, pois visa burlar as leis de contensão estabelecidas diversos estados e municípios para o controle de transmissão do novo coronavírus. Segundo Ciro: “Ele botou arroz e feijão pra vender nas lojas dele, que é de bugiganga eletrônica importada da China. Pra que? Pra fraudar a regra de serviçõs essenciais e reabrir a loja. Num governo meu isso daí tava preso em flagrante sem nenhuma dúvida. Dentro da lei! A lei brasileira é muito clara de você fraudar a regra de contensão da pandemia é crime!”