Ciro Gomes rumo ao segundo turno!

Desde que iniciamos a jornada em defesa da construção de um Projeto Nacional de Desenvolvimento, muitas pedras se colocaram no caminho. O segundo turno sempre foi, porém, o objetivo mais visível no horizonte.

Pesquisas que fomentam a intriga e a confusão antevendo cenários impossíveis de se consolidar volta e meia tomaram espaço na mídia, desnorteando os caminhos vislumbrados por muitos eleitores e eleitoras indecisos.

Além disso, articulações políticas sem muitos benefícios (ou nenhum) ao campo progressista legaram a Ciro Gomes um papel de outsider praticamente isolado, apoiado por apenas dois partidos a nível nacional: o próprio PDT e o Avante. Esta não é uma característica exclusiva de Ciro, recaindo também sobre os presidenciáveis Jair Bolsonaro (PSL) e Marina Silva (REDE), que disputam com o pedetista as três primeiras posições da disputa.

Recentemente, porém, as pesquisas têm tomado uma forma que muitos de nós já imaginávamos que tomariam: a de apresentar um exponencial crescimento do candidato Ciro Gomes, conforme lhe posicionem gradualmente em posições superiores às que pesquisas anteriores lhe atribuíram.

Pesquisas sustentam a possibilidade de Ciro no segundo turno

A XP/IPespe (que apresenta um crescimento considerável de Ciro, de 8% a 10%) e a BTG/Pactual (que ainda mais à frente posiciona Ciro atribuindo-lhe a segunda posição na disputa, atingindo até 15%) dão ao pedetista inegável aumento de intenção de votos. Isso impõe à militância a percepção de que está na hora de apostar alto e sustentar a esperança da vitória com a certeza de que há chance.

Isso tudo é resultado de muita mobilização independente e de um grande anseio que a população tem em dar um “basta” ao consenso que domina a política nacional há décadas, superando práticas como a do presidencialismo de coalizão ou o consenso neoliberal.

Ciro tem todas as chances de ir ao segundo turno, mesmo com pouco tempo de TV. Os principais candidatos nas pesquisas de intenção de voto sofrem do mesmo problema, o que coloca uma grande nuvem de incertezas a pairar sobre o futuro das eleições.

Paralelo a isso, os grandes partidos têm os próprios problemas com os quais lidar, provenientes de acordos da política e da situação em que se inseriram ao longo dos últimos anos. Isso pesa a favor dos “outsiders”.

Portanto, a mobilização, que transcende mais que a de ninguém os limites do espaço virtual atingindo os espaços públicos, é essencial e necessária para que conquistemos aqueles e aquelas que ainda não tomaram sua decisão final quanto ao voto à presidência.

Acompanhamos diariamente a multiplicação de reuniões e eventos que se disponham a discutir e levar o projeto de Ciro a novos espaços Brasil afora. Essa multiplicação deve ser elevada às mais altas potências que a matemática nos permita atingir.

Missão: Ciro no segundo turno

Aproveitemo-nos do cenário otimista que tais pesquisas começam a denunciar nesse novo momento da campanha e mobilização política! É uma de tantas faíscas a acenderem em nossa militância a certeza e a coragem que garantirão a Ciro uma vaga no segundo turno!

Este é o momento de irmos às ruas e ocuparmos os espaços públicos, levando o projeto de Ciro e seu currículo a todos os meios possíveis, bem como a viabilidade de sua vitória, que se apresenta, gradualmente, tanto como uma escolha racional e adequada para o momento nacional, quanto como uma escolha capaz de derrotar tudo aquilo que ferrenhamente se opõe aos valores de soberania nacional e de justiça social.

Temos uma chance real de transformar o Brasil em uma nação respeitável e soberana. Esta tem tudo para ser a mais impressionante e memorável campanha desde a redemocratização.

Não há nada mais forte que uma ideia cujo tempo chegou! Vem pra massa!

 

One Comments

Deixe uma resposta

treze + 10 =