Ciro Gomes e a esperança no povo brasileiro

A necessidade de um novo projeto para o Brasil passa pela criação de um modelo de desenvolvimento e a defesa da questão nacional em prol da emancipação da população, como já discutimos neste texto aqui.

E para que o Projeto Nacional de Desenvolvimento só se faz viável com a aposta no povo brasileiro. “O povo brasileiro é uma realidade em transformação possível. Senão não faria nem sentido continuar nessa luta, porque a política não tem muito mais a me dar a não ser sacrifício, incompreensões e agressividades agora até de amigos com quem lutei ombreado por mais de 30 anos”, disse Ciro Gomes durante conversa com o jornalista Mino Carta.

Durante a entrevista com o diretor da revista Carta Capital, Ciro fez uma defesa do povo brasileiro e de sua história de lutas e vitórias, frente a um Mino Carta desiludido com a situação do país e o que ele qualifica como apatia do povo perante a crise. 

“O povo brasileiro tem muito mais marra e força do que aqueles que o aviltaram pelo clientelismo, pelo suborno e pela mistificação personalista. O que enfraqueceu a sociedade brasileira foi isso. (…) A terra é boa, o povo é bom, aqui a tragédia são os políticos. O Brasil, por 40 anos, foi o país do mundo capitalista que mais sofisticada e velozmente cresceu no planeta Terra. O Brasil tem virtudes extraordinárias. (…) No dia que esse país achar um governante com a altura do Getúlio Vargas, com a altura do Juscelino Kubitschek você vai ver o que vai acontecer nesse país”, pontuou Ciro Gomes.

É justamente o dever da esperança que está no título do novo livro de Ciro Gomes.

Assista abaixo a conversa completa:

Deixe uma resposta

cinco × 1 =