Ciro Gomes rebate o MBL: “marginais que tentam aterrorizar o povo”

Em nota de repúdio publicada hoje em suas redes sociais, Ciro Gomes subiu o tom das críticas ao MBL. O movimento, sobretudo na figura de seus dois deputados recém eleitos, tem disseminado desinformação sobre o grave problema de segurança pública que o estado do Ceará tem enfrentado.

Com palavras duras, Ciro repudiou as “palavras criminosas” dos deputados que atribuem o agravamento do problema nos últimos dias a uma trama política que visaria enfraquecer o presidente recém eleito. Como destaca o ex-governador, além de absurdas, tais acusações são irresponsáveis e “apenas junta suas vozes à de marginais que tentam aterrorizar o povo cearense”.

O governo do petista Camilo Santana, aliado de Ciro Gomes, não aceita reconhecer e negociar com facções criminosas atuantes no estado e tem endurecido o combate a elas, resultando em mais de 100 prisões e centenas de celulares apreendidos em presídios.

Leia a nota na íntegra:

 

Deixe uma resposta

quinze + treze =