Ciro Gomes responde a Bolsonaro sobre educação em debate na Band

O debate direto entre Ciro Gomes (PDT) e Bolsonaro (PSL) finalmente ocorreu, no segundo bloco transmitido pela TV Bandeirantes nesta quinta-feira (09/08), quando os jornalistas foram os autores das perguntas aos candidatos. Os jornalistas escolheram os temas, quem os respondia e quem faria a réplica. Ciro Gomes foi escolhido para fazer a réplica ao candidato Bolsonaro. A pergunta dirigida ao deputado teve como tema a educação, como enfrentar problemas da área e quais as perspectivas para a inversão da pouca quantidade gasta na área.

A resposta elaborada por Bolsonaro, no entanto, não conseguiu desenvolver os conteúdos questionados, pois não apresentou uma visão e proposta de melhora sobre educação. A menção feita por Bolsonaro sugere copiar o que ocorre nos Colégios Militares para o resto do Brasil – embora o deputado não tenha sabido dizer o que ocorre na gestão e no paradigma pedagógico dessas escolas.

Ao participar como réplica, Ciro começou lembrando que 77 das 100 melhores escolas públicas do Brasil estão no Ceará, segundo os levantamentos mais recentes do IDEB. Além disso, Ciro lembrou que grande parte dos alunos de Ensino Médio do estado está no ensino integral e profissionalizante, medida que ele pretende ampliar para todo o Brasil. Mesmo com o tempo curto de réplica, Ciro foi capaz tanto de mencionar experiência sua na área de educação como de apresentar um dos pontos de sua proposta sobre essa área.

Ao dirigir-se ainda a Bolsonaro, Ciro concluiu que melhorará a educação pública brasileira por dois eixos: uma mudança no padrão do ensino (ou seja, nos paradigmas de ensino que precisam melhorar) e também reforçando o orçamento e investimento na área. Em referência às ideias de Bolsonaro, Ciro completou que “não precisamos botar lei do chicote bravo nas escolas“.

Recentemente, Ciro indicou em seus 12 passos para mudar o Brasil que investirá massivamente em Educação.

 

Deixe uma resposta

treze + 8 =