Brizola Neto, deputado com Ciro, volta ao PDT

Carlos Daudt Brizola, mais conhecido como Brizola Neto é neto de Leonel Brizola, ex governador do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul. Irmão de Juliana Brizola, ele já foi presidente nacional da Juventude Socialista do PDT. A história política de Brizola Neto não começou hoje. Ele foi eleito em 2004 vereador na Câmara Municipal do Rio de Janeiro e em 2006 foi eleito deputado federal com 62.091 votos.

Assumiu seu mandato na mesma legislatura que Ciro Gomes foi deputado, em janeiro de 2007. Assim como Ciro Gomes, Brizola Neto integrou a lista do DIAP como um dos parlamentares mais atuantes e influentes do Brasil. Sem perder o foco na educação, ele foi relator do projeto que cria sistema de credenciamento de cursos de graduação para facilitar o reconhecimento na formação universitária dentro da área do Mercosul. Em 2010, Brizola Neto foi reeleito deputado federal com 55.564 votos e serviu por pouco mais de um ano. Pois logo em seguida assumiu uma cadeira histórica para o trabalhismo: o Ministério do Trabalho e do Emprego.

Recentemente também foi escolhido para assumir a coordenação de Trabalho e Renda no município de Niterói, um dos exemplos de gestão popular do PDT pelo Brasil. E logo após ser divulgado que irá assumir a pasta, foi anunciado também que Brizola Neto está de volta ao berço do trabalhismo. Ele afirmou que “é preciso retomar o crescimento, gerar empregos, aumentar a arrecadação e assim recuperar a rede de proteção social” e finalizou dizendo que “em Niterói, junto com o prefeito Grael, vamos mostrar o caminho”.

O retorno do jovem trabalhista, de apenas 42 anos, foi celebrado também pela sua irmã e deputada, Juliana Brizola: “Meu irmão voltou, nos deixando extremamente felizes. Sua vida política no PDT foi de muito trabalho e reconhecimento. O novo caminho que ele está trilhando agora, vai dar orgulho para todos os trabalhistas, especialmente aqueles que pediram sua volta. O brizolismo fica mais vivo no PDT.”

Deixe uma resposta

18 − 3 =