61 anos de Ciro Gomes: Feliz aniversário!

Nascido em Pindamonhagaba em 1957, há 61 anos, e localizado em Sobral a partir dos quatro anos de idade, Ciro Gomes viu sua história de vida começar efetivamente no Ceará.

Lá, dedicou a vida ao enfrentamento das desigualdades e viu de perto as mazelas que a escassez de água e a fome causam às populações mais carentes, como são as que vivem no caloroso nordeste.

Desde que ingressou na vida pública, Ciro Gomes trabalhou para transformar a realidade nacional, tendo em sua extensa carreira política as chances de se afirmar tanto como um dos operadores do Plano Real em fase crítica, quando ocupou o Ministério da Fazenda no lugar do ex-ministro Rubens Ricupero, quanto como o grande responsável pelo projeto de integração do Rio São Francisco, que comandou quando esteve à frente do Ministério da Integração Nacional, durante o mandato do ex-presidente Lula.

Em sessenta e um anos de vida, sendo quase quarenta desses dedicados à vida pública, alguns atributos de Ciro chamam mais a atenção em sua trajetória: a coerência e o compromisso com a democracia são pilares fortes no histórico do ex-ministro, chegando ao ponto de já lhe renderem críticas de adversários políticos por suas mudanças de partido.

Ciro se desfiliou do PSDB ao ver este trair o ideário proposto nas eleições de 1994; afastou-se do PPS quando o partido resolveu ir à oposição após a primeira eleição do ex-presidente Lula em 2002, que seria o primeiro presidente operário a ser eleito; desfiliou-se do PSB ao assistir o partido atropelar acordos pré-existentes com o PT em 2014…

Desde 2016, encontra-se no PDT, de onde pôde ter a honra de comandar uma incrível e independente campanha que respirou vida nova ao campo progressista nacional, apesar do empenho de forças retrógradas em tentarem de todas as formas conter a emergência desse novo polo que já não é possível esconder.

As mudanças de partido, por outro lado, aconteceram e, ao que parece, não foram de todo negativo para a vida de Ciro Gomes. Reiteram uma de suas maiores virtudes: a coerência.

Fã de Belchior, de Blade Runner e de música eletrônica, o Cirão fecha seu primeiro ano após seis décadas de vida e, nessa jornada, já foi de locutor de rádio a “sugar painho” nas redes sociais, fechando uma trajetória bastante singular para um “gatão de meia idade”, como se refere a seus pares de mesma faixa etária.

Desde que retornou à vida pública, Ciro aponta para uma janela de oportunidade que sinaliza uma muito aguardada mudança. É por desempenhar esse papel, que precisava desesperadamente de um representante, que celebramos o dia de hoje.

Fica difícil falar em uma personalidade pública como Ciro Gomes sem mencionar sua extensa carreira política. Isso, contudo, não pode ser visto como ofensa: trata-se de uma jornada sem qualquer mácula ou malfeito.

Devemos, ainda assim, reconhecer sua personalidade forte e seu “jeitão” Ciro Gomes de ser. Se muitos têm vergonha de se apresentarem como são, o ex-governador do Ceará deve é ter orgulho de apresentar quem é e de onde vem: em seu estado, venceu as eleições esmagadoramente. O mesmo estado não deu vitória ao presidente eleito, a quem Ciro Gomes declarou ser “oposição” desde o momento primeiro do segundo turno, em um município sequer.

Muito se deve agradecer a Ciro Gomes por seus feitos – ainda que muitos representem “nada mais que sua obrigação” – em nome do povo trabalhador e do Brasil, e hoje aproveitamos esta importante data para somar esses agradecimentos a ecoantes parabenizações por mais um ano de vida.

A uma liderança que já existia mas que há muito se abafava, um saudoso “feliz aniversário” da Plataforma TodosComCiro e de nossa mobilização!

Que sua liderança, que é contundente e didática, siga servindo de farol aos que buscam entender o que são os “interesses nacionais” e, mais do que isso, “por que” são “interesses nacionais”!

Parabéns, Ciro Gomes, e que continuemos frente à resistência em nome da democracia e da legalidade! Temos certeza de que o Brasil ainda entenderá por que o Ceará lhe deposita tamanha confiança!

 

Deixe uma resposta

doze − quatro =