Nota de Repúdio à Violência e em Defesa da Democracia

A imprensa notifica que na tarde de hoje, Jair Bolsonaro, candidato à presidência da república foi alvo de um ataque criminoso, terrorista e obviamente antidemocrático. Não existem justificativas que minimizem a gravidade do uso da violência.

O Brasil está com as suas instituições sendo derretidas e atacadas das mais diversas formas possíveis. Não satisfeitos, decidem atacar agora candidatos a presidência da república.

Não apoiamos Jair Bolsonaro e discordamos de suas posições políticas de forma radical. Se a violência emerge dessa forma na atual situação, nem podemos imaginar as tragédias que poderiam acontecer caso o porte de armas fosse facilitado no país.

Somos democratas viscerais e nada substitui a luta política democrática. Qualquer ataque contra a democracia é intolerável. Qualquer violência também. Repudiamos o ato de forma absoluta.

ATUALIZAÇÃO:
Alguns minutos após a divulgação da notícia, Ciro tomou conhecimento e foi o primeiro presidenciável a se manifestar. Na nota, disponível nas redes sociais, Ciro condena a violência e se solidariza com Bolsonaro:
Twiiter Ciro Gomes Jair Bolsonaro
#TodosComCiro

Deixe uma resposta

nove + quatro =