Passo 5: Investir maciçamente na Educação

O quinto passo indicado por Ciro Gomes para mudar o Brasil é investir maciçamente na educação pública.  De acordo com ele, só assim teremos um país verdadeiramente desenvolvido e mais justo em oportunidades.

Ciro menciona dois vetores de mudança para a educação: resolver o subfinanciamento e melhorar paradigmas pedagógicos, para que os processos de ensino-aprendizagem possam ser determinantes em vencer os desafios que nossa sociedade enfrenta.

Melhorias em todos os níveis educacionais estão sendo debatidas por Ciro, como iniciativas em que o governo federal poderia atuar, desde a Educação Infantil (de 0 a 3 anos), passando pelo Ensino Fundamental, Ensino Médio e também nas universidades. Na implantação dessas melhorias, a experiência exitosa da educação no Ceará contém características que certamente dão a Ciro métodos para propor alterações eficazes na educação brasileira.

Cabe lembrar que o Ceará tem se tornado uma referência com relação à educação pública, visto que  77 das 100 melhores escolas públicas do Ensino Fundamental brasileiro são do estado, além do fato de que os estudantes cearenses frequentemente ocupam parte substancial dentre os aprovados em cursos de diversas universidades públicas brasileiras. Tais exemplos demonstram que as experiências de boa formação escolar e gestão educacional acumuladas no estado podem ajudar a estruturar soluções possíveis para o Ensino Fundamental nas demais regiões do Brasil.

Implementar a educação em tempo integral é mencionado por Ciro ao falar das creches e do Ensino Médio. Em período integral, as instituições podem desenvolver competências e habilidades voltadas para o mundo social, artístico, esportivo, para a diversão e o lazer. Tal mudança tem sido associada com a melhora no desempenho geral dos alunos, além de diminuir a evasão e colaborar para que os alunos construam afetividade pelo conhecimento e por suas instituições escolares.

As universidades também têm papel essencial no novo projeto de desenvolvimento nacional debatido por Ciro, por consistirem em vetor estratégico para a inovação, a ciência e a tecnologia. Ciro afirma que a relação das universidades com o desenvolvimento estratégico nacional será estreitada, assim como menciona que tais instituições deverão ampliar vagas e prosseguir com suas políticas de cotas.

Para todos os níveis de ensino, Ciro Gomes enfatiza que a política educacional defendida por ele irá valorizar o professor, o diretor e os gestores de ensino em suas funções e carreiras. Além disso, o subfinanciamento da educação causado pela Emenda que impõe o Teto de Gastos será eliminado, afirma ele.

Deixe uma resposta

doze − dez =