Ciro Gomes prometeu baixar os salários dos médicos caso seja eleito?

Não. Nem de perto. Ciro Gomes disse, em 2016, em entrevista concedida a alunos na Argentina, que os salários dos médicos no interior do Ceará são “exorbitantemente fora da realidade” por serem altos demais. Na mesma fala, contudo, ele ressalta: “profissionais com essa formação merecem os melhores salários”.

Então o que trouxe à tona essa falsa informação em pleno junho de 2018?

O que aconteceu foi que o site CearáNews 7 veiculou uma matéria afirmando que Ciro Gomes garantiria baixar os salários dos médicos. Acompanha a publicação o recorte de um vídeo no qual o pedetista faz as afirmações aqui descritas. Em nenhum momento, contudo, nem no próprio recorte, o candidato promete baixar ou insinua que baixaria os salários dos profissionais.

O site ainda diz que Ciro Gomes gostaria de “fechar cursos privados já existentes, puxando-os para o Estado”.

A afirmação também é falsa.

Ciro, na verdade, afirma que a restrição de oferta (puxada pela restrição de abertura de novos cursos) condiciona o preço dos salários a subir, o que é também um problema.

Isso porque o próprio entrevistador afirma que o Conselho Federal de Medicina diz que não faltam médicos no Brasil, mas sim que estão mal distribuídos pelo Brasil. Colocação esta com a qual Ciro prontamente concorda, continuando com sua fala sobre a exorbitância dos salários de médicos no interior do Ceará.

Trata-se de uma notícia falsa muito mal elaborada, mas que não deixou de circular entre milhares de internautas, gerando danos à imagem do presidenciável.

O Ministério Público Eleitoral, através da Procuradoria-Geral Eleitoral, acolheu representação acerca da notícia falsa. O PGE determinou a investigação a fim de identificar os responsáveis, bem como a repercussão da notícia falsa nos demais veículos.

 

Deixe uma resposta

1 × 1 =