POR QUE COM CIRO?

U
m Projeto Nacional de Desenvolvimento é algo que transcende as questões eleitorais. Mobilizar um país em torno da ideia de se desenvolver requer mais do que vitórias eleitorais: requer vitórias políticas. E, para isso, se faz necessário discutir com a sociedade o modelo de desenvolvimento a ser seguido para criar um consenso mínimo que viabilize sua construção.

Ciro Gomes é o político que defende com mais clareza hoje em dia a necessidade de construirmos um novo modelo de desenvolvimento para o país. Em sua peregrinação pelo Brasil, ele vem estimulando o debate sobre o tema e chamando a atenção para as mudanças estruturais que precisam ser pactuadas com a sociedade para que esse projeto se viabilize.

O Projeto Nacional de Desenvolvimento é o horizonte que deve guiar nossas ações. Ciro Gomes é parte importante desse projeto e é quem tem apontado com mais clareza o caminho que devemos seguir. O horizonte não é o Ciro, é o Projeto Nacional. É por isso que estamos com o Ciro. Ou melhor, é por isso que o Ciro que está com a gente.

Estamos com Ciro, porque o Ciro está conosco!”

#TodosComCiro

SOBRE

C
iro Ferreira Gomes é um político e advogado brasileiro que nasceu em Pindamonhangaba no interior de São Paulo. Cresceu e fez carreira política no Ceará, onde se formou em Direito em 1979 e elegeu-se deputado estadual aos 25 anos, prefeito de Fortaleza aos 31 e Governador do Estado aos 33.

Com apenas 36 anos, foi ministro da Fazenda de Itamar Franco em 1994 e depois disputou duas vezes a presidência da república pelo PPS: em 1998 e 2002.

Em 2003 foi convidado pelo presidente Lula para a pasta da Integração Nacional, na qual permaneceu por 3 anos, sendo o ministro responsável pela concepção do projeto de transposição do rio São Francisco.

Hoje é membro e vice-presidente do PDT, fundado por Leonel Brizola.

Meu nome é Ciro Gomes, mas pode me chamar de Cirão da Massa!”

Ciro Gomes

Curta a página oficial do Ciro no Facebook:

LINHA DO TEMPO

1957

Nascimento

Em 6 de novembro de 1957, Ciro nasceu na casa da avó materna em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo e mudou-se com a família para Sobral, no Ceará, aos 4 anos de idade.

Infância em Sobral

Ciro fala com carinho da infância em Sobral, da alegria dos dias de chuva no interior do sertão cearense e da rígida educação que recebeu dos pais:
Ciro Gomes, 1958
A mãe, Maria José, com os filhos Lúcio, Ciro e Cid em Sobral, por volta de 1970
1979

Universidade e Movimento Estudantil

Em 1979 formou-se em Direito pela Universidade Federal do Ceará, mesmo ano em que concorreu como vice-presidente nas eleições da UNE.
1982

Deputado Estadual

Com apenas 24 anos, elegeu-se deputado em 1982. Reelegeu-se em 1986 quando foi líder do governo Tasso.
Criou a primeira comissão de Meio Ambiente de uma Assembleia Legislativa no Brasil.
Campanha de Ciro para deputado estadual 1982
1987

Prefeito

Foi eleito prefeito de Fortaleza. Em três meses implantou na prefeitura uma reforma fiscal que fez com que as contas públicas da capital cearense deixassem de ser deficitárias. Segundo Datafolha e Ibope foi o prefeito mais popular do país.

Ciro, Fagner e Tasso, em 1988, no comício da candidatura à prefeitura de Fortaleza
1989

Eleições Presidenciais

Na eleição presidencial de 1989, apoiou no primeiro turno Mário Covas, candidato de seu partido, e Lula no segundo turno.
1990

Governador

Foi o 52º governador do Ceará, eleito aos 33 anos. Segundo o Datafolha e Ibope foi o governador mais popular do país no período. Como havia feito quando prefeito de Fortaleza, escolheu metade do seu secretariado de mulheres.

1993

Prêmio da UNICEF – Maurice Pate

Pela redução da mortalidade infantil no Ceará, Ciro recebeu em 1993 em Nova York o Maurice Pate, prêmio mundial do Unicef.

Canal do Trabalhador

Em 1993 construiu o Canal do Trabalhador, obra de quase 120 km que salvou Fortaleza do colapso do fornecimento de água:
Ciro na ONU recebendo o prêmio Maurice Pate
Ciro e os operários na construção do Canal do Trabalhador
1994

Ministro da Fazenda

Em 1994 é convidado pelo presidente Itamar Franco para ser ministro da Fazenda, participando da criação e estabilização do Plano Real.
Ciro e Itamar

O grande ministro do Plano Real chama-se (Rubens) Ricupero e, em seguida, Ciro (Gomes).

Itamar Franco ao Estadão no aniversário de 15 anos do Real (2009)

1995/1996

Estudos em Harvard

Em janeiro de 1995, Ciro parte para os Estados Unidos e lá estuda economia durante um ano e meio na Harvard Law School.
Ciro com os filhos Lívia e Cirinho durante sua temporada nos EUA
1998/2002

Candidatura à Presidência

Candidatou-se à presidência da república em 1998 e 2002 pelo PPS. Em 2002 apoiou Lula no segundo turno.
Ciro e Brizola na campanha presidencial de 2002
Número de Votos:
0
Eleições de 1998 - 10,97%
0
Eleições de 2002 - 11,97%
Ciro e Patrícia Pillar, então sua esposa, durante a campanha presidencial de 2002
2003

Ministro da Integração Nacional

Foi ministro da Integração Nacional no governo do presidente Lula de 2003 a 2006. Foi nesta pasta que comandou o projeto de Transposição do rio São Francisco:
Ciro, Lula e Eduardo Campos com os trabalhadores da transposição
Ciro e Lula
2006

Deputado Federal

Foi eleito o deputado federal mais votado do país, proporcionalmente, em 2006, com mais de 16% dos votos no Ceará. Experiência importante, mas que classificou como a pior de sua vida pública.
Quando deixou o cargo, em 2010, recusou mais uma aposentadoria a que teria direito, como fez quando ex-prefeito e ex-governador.
Ciro na Câmara dos Deputados
2013

Secretário da Saúde

Em 2013 foi nomeado Secretário Estadual de Saúde no Ceará no governo Cid Gomes.
2015

Secretário da Saúde

Secretário de Saúde do Ceará também do governo Camilo Santana.

PDT

Em setembro de 2015, filiou-se ao PDT.
Ciro e a imagem de Leonel Brizola

CSN

Foi presidente da Transnordestina, empresa subsidiária da CSN (até 2016).
2016

Impeachment

Se posicionou veementemente contra ao impedimento da presidenta Dilma Rousseff.
2017

Posicionamento

Ciro se posiciona contra as reformas trabalhista e da previdência.
Ciro em protesto contra as reformas

VIDA PESSOAL

De 1983 a 1999 foi casado com a política e pedagoga Patrícia Saboya, com quem teve três filhos: Lívia, Cirinho e Yuri. Entre 1999 e 2011 foi casado com a atriz Patrícia Pillar. É pai também do pequeno Gael, seu filho com Zara Castro, nascido em 2015.
Ciro, Patrícia Saboya e filhos.
Ciro e seu filho Gael
Ciro e sua neta Maria Clara
 

OBRAS PUBLICADAS

Ao longo de sua vida, Ciro Gomes publicou diversos livros, dentre eles:
  • “No país dos conflitos” (1994);
  • “O próximo passo: uma alternativa prática ao neoliberalismo” (1996), escrito em parceria com Roberto Mangabeira Unger;
  • “Um desafio chamado Brasil” (2002).
Capa do livro 'O Próximo Passo'