Ciro Gomes tem empresas de caminhão pipa?

Ao longo dos últimos dias, vem sendo divulgada no Facebook, em páginas como a “SOS Brasil Pátria Amada”, e em diversos grupos bolsonaristas, uma Fake News sem nenhuma relação com a realidade.

O esforço é no sentido de explicar por que as águas do São Francisco chegam apenas após os governos petistas se encerrarem, creditando a Jair Bolsonaro a conclusão dos novos trechos da obra.

Na imagem, colocaram a falsa informação de que Ciro Gomes e sua família detêm propriedade sobre empresas de caminhão pipa e a suposta denúncia de que a conclusão das obras de transposição teria sido atrasada para não quebrarem tais empresas.

Tudo não passa de uma mentira grosseira.

E desmentir uma informação falsa como essa é difícil, já que não há nenhum tipo de documento ou arquivo que comprove a “não-propriedade” de Ciro ou sua família sobre “empresas de caminhão pipa”, restando à palavra, à inteligência e à boa vontade alheios a tarefa de compreender a falsidade contida na informação.

Assim sendo, absolutamente nada consta em quaisquer veículos informativos ou fontes de dados disponíveis sobre a suposta propriedade da família, razão suficiente para não se dar credibilidade à informação.

De fato, os Ferreira Gomes NÃO possuem empresas de caminhão pipa.

Aliás, já que foi levantada a discussão sobre a chegada das águas do Rio São Francisco no Ceará, vale a pena lembrar:

Cid Gomes, irmão de Ciro, quando Governador do Ceará foi responsável por iniciar dois dos maiores projetos de saneamento e abastecimento de água da história do estado: Cinturão das Águas, que se integra a transposição do Rio São Francisco e vai abastecer 80% da população do Ceará, e o Eixão das Águas, com 255 km de extensão para levar água a mais de três milhões de pessoas.

Depois de tanto esforço para levar água para o sertão, veicular este tipo de desinformação é um desrespeito com a população cearense que tanto trabalhou para a conseguir abastecimento perene de água.

Além disso, foi Ciro, como Ministro da Integração Nacional, um dos maiores responsáveis por tirar o projeto da transposição do papel. Projeto este que envolveu um árduo trabalho de licenciamentos, negociações, licitações, estudos de impacto social e ambiental e de interesse direto de dezenas de milhões de brasileiros.

Para saber mais:

Deixe uma resposta

dois × três =