É mentira que Ciro culpa o PT pelas mulheres estupradas no Brasil

O desespero parece não ter fim. Enquanto todo o Brasil trabalha para lutar contra as mentiras e a desinformação vinda da extrema direita, o outro lado também inventa mentiras para atacar reputações.

No dia 13 de janeiro de 2021, o Diário do Centro do Mundo publicou notícia intitulada: “Ciro culpa o PT pelas 66 mil mulheres estupradas no Brasil durante governo Bolsonaro”.

O texto é mentira pura. Não tem a profundidade de uma poça de água e serve apenas como manchete para ataques no estilo gabinete do ódio. A mentira foi construída a partir da uma entrevista de cerca de 30 minutos que o Ciro deu para o programa Mundo Político, da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais.

É uma excelente entrevista do Ciro. Vale a pena assistir os 30 minutos que disponibilizamos abaixo.

No trecho que fez o DCM escrever a mentira, Ciro havia sido perguntado sobre a presença de Lula no jogo político e sobre a construção de uma Frente Ampla. A resposta do Ciro foi a seguinte:

Eu fico feliz do Lula não estar mais preso. Porque eu acho que uma pessoa sadia não deve comemorar a prisão seja de quem for. E se essa pessoa for um presidente da República, odiado por muita gente mas muito querido por outras pessoas, então eu fico feliz por ele ter saído.

Mas o Lula parece que não aprendeu nada. Ele sai espumando ódio, apostando no ódio e na radicalização e afirma: nós vamos continuar polarizando. E ainda deixa o povo acreditar que ele será candidato. Ora, o Lula responde a 7 processos. Ele não saiu porque foi absolvido. Ele saiu porque o Tribunal por 6 a 5, na contramão do que entendeu no ano passado, disse que todo preso pode esperar o julgamento dos recursos em liberdade. E isso é o que aconteceu, mas ele continua inelegível. E está aí circulando como se fosse candidato.

Isso porque, na altura do programa, Lula estava circulando e se exibindo politicamente.

Ciro continua dizendo o seguinte:

Isso é repetir um filme. São 13 milhões de brasileiros desempregados. […] Deixa eu dizer os números e o sentido moral de estar dizendo isso, mesmo correndo o risco de ser incompreendido. 38 milhões e 800 mil brasileiros empurrados para viver de bico no Brasil. 5 milhões e 500 mil de empresas inadimplentes na véspera de fechar. 63 milhões e 700 mil brasileiros humilhados com o nome sujo no SPC. 57 mil homicídios. 66 mil mulheres foram estupradas no Brasil. E ESSA CRISE, VAMOS SER HONESTOS, NÃO FOI O BOLSONARO QUE PRODUZIU. O Bolsonaro está surfando nela, está agravando ela, mas quem produziu essa crise foi o lulopetismo.

Se a gente não quiser entender, a gente não entende. Mas quem produziu essa extensa crise social e econômica do Brasil e quem ainda agravou a percepção da crise pela crônica de ladroeira [foi o PT]. Ninguém nega a ladroeira do PT.

Esse foi o contexto em que Ciro Gomes afirmou que a culpa pela crise social e econômica
é do PT, que governou o país por mais de 13 anos. Mas parece que os difamadores de plantão não desistem de subverter a história e enganar o povo brasileiro.

Segue o vídeo na íntegra. A fala descontextualizada inicia por volta de 10 minutos: